Q Que é um Autor?

A pouco tempo tive a oportunidade de ler um texto brilhante, na minha opinião. Dentre outros bons e excelentes textos que li, esse, em especial, me chamou a atenção por um aspecto peculiar: o título do referido texto era “O Que é um Autor?”. Acredito que o leitor também deva ter ficado com a impressão mesma de uma curiosidade profunda, uma vez que textos com títulos incomuns chamam a atenção. No meu caso, quando ouvi e vi pela primeira vez o título do texto, dentre muitos outros devaneios, acreditei que tinha a resposta para a proposição interpelativa: ora, um autor é quem escreve um texto qualquer. Pois bem! Vejamos com maior riqueza e detalhes a reflexão iniciada. De “autoria” do filósofo

Sobre Moral e Tabu

Existem fatos que acontecem cotidianamente em nosso meio e, em decorrência desse fator, todos(as) sabem, mas, quando alguém procura estabelecer um diálogo sobre esse acontecimento, o fato deixa de ser fato e, passa para o patamar de tabu, considerado algo indizível, em virtude de infligir a moral e os bons costumes da sociedade. Por séculos, esse tabu esteve concentrado no tocante à assuntos relacionados ao sexo. As conversações familiares poderiam estar transcorrendo normalmente, mas, quando alguém por algum “deslize” mencionasse algo sobre sexo, as feições rapidamente se modificavam, pairando um silêncio perturbador no ambiente. Depois de muita luta e consciência sobre a importância de se

O Discurso Pelo Povo

Já diziam os velhos gregos que as decisões deveriam estar no centro da praça – Ágora. Com certeza para se pensar no discurso do povo, ao qual são produzidos em seu nome, precisamos pensar um pouco a respeito da trajetória da população que sempre vivera silenciada em seus sonhos, anseios e até utopias. Lamento em dizer: “existem muitos discursos proferidos em nome do povo”, exclamou-me um companheiro de debates, articulações e pesquisas, pois o que temos em nossa América Latina, em especial no Brasil, são representantes que fingem ouvir o clamor popular e usá-lo para poder dominá-lo. Triste constatação! O que encontramos na América Latina, ao qual incluo o Brasil, são governos que preconizam

Além dos Muros

Fico a imaginar o que pode haver “Além dos muros”, se lermos um livro, e o tal livro for “1984” de George Orwell, e se ler outro, e o tal for “Crime e Castigo” de Dostoievsky. Iremos muito além, pois a densidade de tais leituras nos subverteria a um outro patamar. Se você ver filmes com qualidade, na qualidade de “Aquarius”, filme brasileiro que detona a especulação imobiliária, ou se ver o Mr. Nobody (Senhor Ninguém) ou qualquer um Tarkovsk, tipo “Nostalgia”, ao acabar de ver os mesmos, estaria além, muito além. Querer estar além, passa pela consciência e pelas escolhas de não ficar na mesmice das misérias que nos querem entupir pela midiocracia. Ouça o novo cd de Biquini Cavadão “As voltas

O Brasil de hoje é o local da desesperança

As pessoas que procuram compreender minimamente o Brasil no tempo presente, entram em um verdadeiro paradoxo. Em suma, há um certo desespero para com a conjuntura contemporânea e, o que provavelmente demonstra ser mais preocupante, há uma desesperança para com os tempos vindouros. Não temos perspectiva, não conseguimos viabilizar a construção de novos horizontes, o que se apresenta como novidade pode ser mais catastrófico do que àqueles que conduzem as diretrizes atuais. Nós nos encontramos na escória, poucos relutam em ter esperança, tantos outros preferem reproduzir o discurso hegemônico, tendo dificuldades para compreender o obvio, ou seja, que as ações dos dias atuais, não está sendo fei

Justiçeiros

“É assim que começa. A febre, a raiva, a sensação de impotência...que torna homens bons...cruéis.” A frase de Alfred mordomo de Bruce Wayne em Batman Vs Superman pode nos ajudar entender uma realidade de nosso país muito preocupante: o senso de justiça de nosso “cidadão de bem”. Acontecimentos recentes como os jovens infratores amarados em postes, o crescente clamor popular pela volta do porte de arma para o cidadão comum e o sempre recorrente discurso de que “bandido bom é bandido morto” revelam que o povo brasileiro tem caminhado a passos largos em direção a um desejo por uma justiça violenta em forma de vingança contra o criminoso e por leis mais rígidas que até se parecem com antigo cód

Futebol Brasileiro: Reflexo do Que Somos

Há alguns anos atrás, tive à oportunidade de orientar um trabalho de conclusão de curso, voltado para se pensar os primeiros passos do futebol brasileiro. Lembro-me que, alguns(mas) colegas brincavam que falaríamos somente sobre grandes jogadas, belíssimas defesas, gols inesquecíveis e tantos outros assuntos relacionados a prática futebolística em si. Mesmo as perspectivas dos colegas soando em tom de brincadeira, me chamava atenção seus posicionamentos, quando esses diziam muito sobre como as pessoas de uma forma em geral, pensam o futebol, compreendendo-o somente por meio de um esporte, deslocando-o da realidade social. A pesquisa em questão, procurava observar o preconceito endereçado ao

Há Uma Justiça Brasileira

A partir dos últimos acontecimentos envolvendo a política nacional, não somente os representantes políticos começaram a ficar em evidência, mas, em consonância o sistema judiciário. Nos dias atuais, em qualquer conversa envolvendo os mandos e desmandos dos representantes governamentais, de forma direta ou indireta, alguém acaba mencionando alguma decisão judicial, seja para elogiá-la ou, construir suas críticas. O diálogo do cotidiano voltado para o âmbito judicial é, de uma importância simbólica e, não menos importante, histórica, em decorrência da denominada justiça brasileira ser tida e compreendida no transcorrer do tempo como um órgão intransponível, inatingível para os ditos cidadãos c

O Islamismo Não é o Terrorismo

A afirmação de que o Islamismo é a religião que mais cresce no mundo não é dúbia. Para este texto não penso ser necessário indicar fontes ou dados quantitativos que possam vir a sustentar a assertiva. Ao realizar uma busca simples na internet, jornais, revistas e outros, o/a leitor (a) poderá perceber que se trata de uma informação honesta. Ao lado do Cristianismo, o Islamismo está presente em todos os cinco continentes do planeta, onde adeptos de Alá e do Islã (termo que significa submissão a Deus, Alá) professam sua crença e fé. A motivação que parte do autor em discorrer sobre o tema advém de um momento peculiar que deve ser compartilhado com o/a amigo (a) leitor (a). Certa feita, estava

"A coisa mais indispensável a um homem é reconhecer o uso que deve fazer do seu próprio conhecimento."

Platão

Contador de 

Visitas:

Siga o Além dos Muros

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon