Mitos

O mito é um dos elementos sociais que acompanha a humanidade ao longo do processo histórico. Por exemplo, quem se interessar em estudar o conceito Mito, pensado por meio de uma perspectiva plural, poderá recorrer à Antiguidade, no qual, encontrará sociedades que se pautavam por meio de aspectos mitológicos, nos valendo, principalmente, do exemplo grego. Quem apresenta uma análise pertinente sobre essa temática dentro do respectivo espaço é Jean Pierre Vernant, no seu importante livro, As Origens do Pensamento Grego (2015). Nesse livro, o autor demonstra o quanto o mito esteve atrelado a filosofia racional, influenciando diferentes pensadores no contexto da Filosofia ocidental. Assim, por mei

Ainda sobre Flores

Há uma prática (re)corrente no Brasil, e que infelizmente se acentuou ao longo desses últimos anos, que está centrada na desvalorização da escola e de todos os agentes que à constituem. Apesar de permear no imaginário coletivo a ideia da importância da educação escolar/universitária na vida dos sujeitos, o que se percebe é um distanciamento desse imaginário, quando pensando na prática. Por exemplo, até os defensores mais entusiasmados do neoliberalismo, e, como consequência, do estado mínimo, apregoam a necessidade dos investimentos estarem centrados em áreas que consideram essenciais para o sustento do país, e entre essas, a defesa para com o fomento público na escolarização. Defender a esc

Escola, Família e Sociedade

Há muito recentemente a Escola se tornou o espaço da formação cidadã em que o sujeito se concebe como partícipe do processo histórico-social. A evidência de uma Escola assente em pressupostos que empregam a cidadania para o sujeito, tais como a valorização e a luta por direitos civis, sociais e políticos, é um dos elementos fundamentais para o pleno e satisfatório gozo do exercício da vida em sociedade. A afirmação de que o ambiente escolar nem sempre fora espaço para o processo de formação cidadã provém de épocas não tão distantes em que o ensino se bastava à história política (positivismo). Assim como a priorização do ensino fundado na aplicação de uma história política (dos grandes homens

Havia Flores

Desde a tenra idade, tenho tido a oportunidade de acompanhar vários discursos de diferentes representantes do estado, e de pretendentes à representantes, sobre o que pensam acerca da educação. Em uníssono, dizem que o caminho do desenvolvimento do país passa impreterivelmente pela educação. Nos dias atuais, quando estou muito distante de ser uma criança, continuo ouvindo os mesmos dizeres, quando não os mesmos sujeitos a reiterarem o discurso de valorização do preceito educacional. Se as falas continuam as mesmas, em tese, significa que pouquíssimas ações têm sido feita para melhorar os índices educacionais no país. Quando se fala em educação, nunca é demais reiterar que o conceito é amplo,

"A coisa mais indispensável a um homem é reconhecer o uso que deve fazer do seu próprio conhecimento."

Platão

Contador de 

Visitas:

Siga o Além dos Muros

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon